fotografias e flores.

terça-feira, maio 29, 2012

Hoje, como intervalo do estudo, pus-me a ver as fotografias antigas que tenho aqui no computador. Parece que fiz uma viagem de anos. Anos onde reencontrei amizades, amores, vícios, músicas, estilos, alturas. Anos voltei a achar uma bolsa cheia de sentimentos. Vi algumas fotografias que me fizeram sorrir - ou porque ainda continuo com as pessoas ao meu lado, ou porque foi uma bela época, mas vi outras também que me causaram um aperto no coração. Por onde estão aqueles sorrisos? Perderam-se no caminho? E os abraços, e as mãos dadas? E os "para sempre"? Às vezes a eternidade consegue ser uma ilusão daquelas.
A verdade é que, só é bom jardineiro quem não se esquece de regar as plantas todos os dias e não aquele que as regas de uma vez só afogando-as. É preciso o equilíbrio, para nada morrer. Mas o equilíbrio às vezes é tão difícil, não é? Oxalá, manter as pessoas, os sentimentos, as amizades, fosse tão fácil como tirar e guardar fotografias. Oxalá muita gente ainda estivesse no meu abraço. Oxalá, não houvessem tempos de seca. À parte disso, é sempre tão bom, dedicar uns dias à nostalgia. É sempre tão bom relembrar-mos tudo de bom e mau, que tivemos, nos fez crescer e nos tornou aquilo que somos. E especialmente conseguir encarar isso com um sorriso. O que me lembra que já está na altura de eu fazer um álbum de fotografias impressas, antes que volte a perder uma muralha de fotografias como já me aconteceu.

You Might Also Like

1 comentários

  1. espero que neste novo blogue continues com a imensa sinceridade que mostravas no outro.
    fico contente por receber um comentário desses. são raros o que me fazem sentir bem e compreendida. mas uma coisa é certa...mesmo que ninguém no mundo seja capaz de nos compreender, nunca viraremos as costas ao que sempre esteve em nós, perto de nós..a bela NATUREZA! :)

    ResponderEliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá