{Diário da Nossa Paixão.}

domingo, setembro 30, 2012

“Foi à tardinha, com pinceladas de vermelho a cortar o céu de Verão, e os despojos do dia a desvanecerem-se. O céu estava a mudar lentamente de cor e, enquanto observava o Sol a descer, lembro-me de ter pensado naquele momento breve e súbito em que o dia de repente se torna noite. O crepúsculo, apercebi-me então, é apenas uma ilusão, porque o Sol ou está acima ou abaixo do horizonte. E isso significa que o dia e a noite estão ligados de uma maneira como poucas coisas o estão - não pode haver uma coisa sem a outra, porém não podem existir ao mesmo tempo. Como seria a sensação, lembro-me de perguntar, de estar sempre juntos, porém para sempre separados?”

You Might Also Like

2 comentários

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá