quatro anos de saudade.

domingo, outubro 13, 2013

 Já faz tanto tempo que partiste e mesmo assim, com o tempo sempre a descontrolar-me, ainda não me habituei à tua ausência. Oh meu doce... que saudades são estas?! Que dor é esta que não passa, mas trespassa. Quero tanto que voltes, que estes anos voltem atrás. Por vezes, é bom saber que continuas a estar, naquele céu estrelo, no vento que corre nas montanhas, neste meu pedaço de sorriso que é tão teu, mas por vezes também dói demais sentir assim, de uma forma tão brusca, a tua falta... Esta noite sonhei contigo. Sonhei com a madrugada em que morreste, em que os gritos mergulharam no corredor silencioso de minha casa e me tingiram o coração de preto. Desde que partiste choro todos os dias, todos os dias há algo dentro de mim que fica sem cor, que morre com a tua ausência. Gostava que pudesses voltar. Ainda fala muito para nos encontrar-mos? Os anos passam e continuo com tanto para te dizer meu amor... Oh... o quanto triste é perceber que partiste, que não te vou voltar mais a ver... Quantos anos passaram? Quatro? Ai amor, dói tanto. Vês? Dói tanto que choro assim, sufocada numa dor que não pára, numa ferida que não estanca. 

You Might Also Like

10 comentários

  1. <3

    http://allaboutmakemehappy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. "neste meu pedaço de sorriso que é tão teu, mas por vezes também dói demais sentir assim, de uma forma tão brusca, a tua falta..." é exatamente o que sinto também... Somos felizes mas quando a dor ataca é incontrolável, e ela parece estar sempre lá. As saudades são o que mais sinto... Com toda a certeza

    Mil beijinhos para ti :)

    ResponderEliminar
  3. Que texto lindo! Estou toda arrepiada. Fez-me lembrar do meu avô, e já lá vão quase 10 anos... :/
    A saudade fica, o amor também... Um beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Adorei esta belissima frase: "Por vezes, é bom saber que continuas a estar, naquele céu estrelo, no vento que corre nas montanhas, neste meu pedaço de sorriso que é tão teu, mas por vezes também dói demais sentir assim, de uma forma tão brusca, a tua falta..."

    ResponderEliminar
  5. E porque não matar a saudade? Não há pior que viver no constante "E se?..." :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. E porque não? Só se a pessoa em questão não se encontrar já neste mundo :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é exactamente isso.. como, acho eu, se pode ver no texto...

      Eliminar
    2. Ohhh, lamento, devia ser alguém muito especial.. :(
      Espero que essa dor seja aos poucos aliviada...
      As melhoras! Beijinho

      Eliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá