Esperança, em 2015

quinta-feira, janeiro 01, 2015


Todos nós queremos recomeços. Procura-mo-lo como criança que procura a caixa de chocolates. Precisamos de recomeços. Desde a dieta que não funcionou, à relação amorosa que fica permanentemente no passado, passando pelo novo período em que as notas vão ser melhores e acabando num dia qualquer em que resolvemos mais uma vez lutar por sermos melhores. Todos os dias são uma luta. Todos os dias perdemos, mas vencemos também. Somos grandes nas nossas vitórias, mas pequenos nas nossas derrotas. Somos humanos: crescemos, mudamos e ambicionamos algo que às vezes, nem sabemos bem o que é.
Onde chegamos? Ao dia de hoje: o maior e melhor recomeço do ano. Não há período escolar que o supere, nem mesmo novas estações que o superem. Desde o primeiro dia do ano que suspiramos pelo primeiro dia do próximo ano. As passagens de ano são borrachas gigantes que nos permitem apagar os erros, respirar e endireitar o cabelo, corrigir o rímel e prosseguir com ousadia para mais uma batalha de erros. Precisamos de recomeços para nos sentirmos vivos. Para sentir que esta paixão incessante ainda bate no peito como quando tínhamos dezasseis anos e o mundo era nosso. Mas e se não for bem assim? E se eu gostar de andar com o cabelo despenteado, nem ponha rímel e os erros já sejam tatuagens em mim? De que me serve a passagem de ano? Serve para ter esperança. Que durante o próximo ano o meu cabelo vai despentear-se mais com o vento, que as minhas pestanas vão saborear a água mais profunda do mar e que os erros... bem, esses vão ser sempre inapagáveis, mas darão as melhores lições que me farão crescer. 
Precisamos de recomeços por muitas coisas mas acima de tudo para ter esperança, em nós, no que nos rodeia, e no que virá. Precisamos de ter esperança porque é isso que nos guia pelas resoluções de final de ano e pelas dietas que duram um dia. Precisamos de esperança para acreditar e fazer ver que a luta por nós não passa da luta de um dia, mas sim, torna-se um compromisso inquebrável de anos. Precisamos de esperança, em 2015 até 3015, para sentirmos que nada nos vai separar de nós mesmos. Afinal é isso que importa não é? 

You Might Also Like

4 comentários

  1. Tens toda a razão. Para ti, toda a esperança e energia positiva....para sempre. Beijinhos no teu coração

    ResponderEliminar
  2. o segredo de um bom paté de grão é o azeite e as especiarias. se exagerares em ambas acabas por não gostar no paté

    ResponderEliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá