Tirar as ervas daninhas do jardim ~

quinta-feira, janeiro 08, 2015


O sol já começava a por-se e eu estava no jardim, debruçada sobre a terra a tirar as ervas daninhas da minha horta. Os pássaros cantavam, o sol iluminava-me e o cheiro da terra, faziam com que tudo estivesse perfeito. Tinha as luvas calçadas, o sacho na mão e por entre as roseiras, os cravos e o limonete lá tirava eu cuidadosamente as ervas daninhas. O tempo passou, meia, uma hora e ainda continuava eu atenta neste meu trabalho. Existem tanto tipos de ervas daninhas. Não queremos nenhuma delas nos nossos jardins (mesmo que algumas até dêem para cozinhar), então arrancamos: com exactidão e persistência: uma e outra vez até desaparecerem de vez. Queremos que as nossas plantas, seja quais forem, estejam livres de qualquer mal. Por isso travamos luta contra o mal que as sufoca, maltrata e quase as deixa morrer.

Mas e então, porque não fazemos isso com os pensamentos maus que existem na nossa cabeça, no nosso coração, no nosso jardim, para que pensamentos e atitudes boas possam florescer e espantar a nossa vida e outras com a sua beleza? Porque nos custa tanto arrancar o que faz mal? Porque nos custa cortar o mal pela raiz? Porque não somos também com as nossas "ervas daninhas" exactos e precisos na luta contra elas? Será porque às vezes, tal como as plantas, também precisamos de alguém que nos ajude a sobreviver, a respirar, a brilhar e nos ajude a travar uma luta que nem sempre sozinhos conseguimos ganhar?

You Might Also Like

8 comentários

  1. Princesa, este post foi escrito para mim. Ultimamente, as ervas daninhas cercam-me e chego a pensar que, se calhar, condeno a minha própria felicidade. Nunca precisei de ninguém, mas sofria sempre sozinha. Hoje, tenho alguém que me ajuda com esses pensamentos maus que não me ajudam em nada. Se calhar, precisamos sempre, ou quase sempre, de alguém para nos ajudar nestas batalhas. Obrigada pelas palvras nas alturas certas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho que precisamos sempre de alguém, seja quem for, para nos ajudar, nem que seja a ganhar força para arrancar as ervas :) ♥ Um beijinho***

      Eliminar
  2. Mariana, um "like" daqui até ao infinito para este post, minha querida! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ♥ e um abraço daqui até ao infinito para ti*

      Eliminar
  3. "Happiness is only real when shared." :) Ou, neste caso, a vida só merece ser vivida, com todos os seus altos e baixos, se for partilhada com alguém.

    ResponderEliminar
  4. Excelente reflexão!
    (Conheci seu blog há algumas semanas e estou gostando muito)

    ResponderEliminar
  5. Não consigo compreender. Não consigo compreender como todos os textos que escreves , estão em sintonia com aquilo que sinto em determinado momento. Só estivemos juntas naquele dia maravilhoso, de abraços. Representas tanto na minha vida. És renovação de esperança e a força para continuar a sonhar. Obrigado por partilhares essa tua alma linda com o mundo. O mundo é muito mais bonito contigo e por ti. <3

    ResponderEliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá