Gratinado de Legumes com Seitan.

By Mariana Neves - janeiro 31, 2015

Há dias em que me apetece cozinhar mais do que o habitual, ficar só eu, os legumes, as facas e os tachos. Cozinhar para mim é uma espécie de meditação. Quando cozinho desligo, não penso em nada: apenas deixo fluir, como se cozinhasse de olhos fechados. Cozinhando apenas com o coração, por instinto: como dois amantes que se encontram numa noite de chuva e se beijam como se as suas bocas nunca tivessem sido separadas. Cozinho com o coração, com muito amor e cumplicidade e se calhar é por isso que gosto tanto... Porque quando se faz as coisas com amor, todo o mundo é bonito, pois é? 


Gratinado de Legumes com Seitan

~ Partir 300g de seitan fresco em cubos pequeninos e colocar numa frigideira com azeite a lourar colocando pimenta-preta, noz moscada, pimentão e orégãos, deixar cozinhar.
~ Entretanto noutra panela colocar azeite com alho e cebola, deixar amaciar e depois colocar uma cenoura ralada, uma curgete, dez raminhos de couve-flor, um talo de alho francês e molho de tomate q.b. (usei estes legumes, mas podem usar outros). Deixar os legumes cozinharem até ficarem moles e adicionar o seitan. 
~ Entretanto fazer o molho bechamel: 2 chavenas de leite vegetal para 3 c. sopa de farinha (usei maizena), misturar até ficar homogéneo. Levar ao lume com uma flor de louro até engrossar, sempre a mexer. Quando estiver quase pronto, colocar 2 colheres de sopa de manteiga, noz moscada e pimenta preta.
~ Servir os legumes num tabuleiro cobertos com o molho bechamel. Por cima colocar pão ralado e amêndoa moída a gosto. Levar ao forno a gratinar (15 minutos)




Em relação ao gratinado, é maravilhoso. Comida de coração. Sinto-me tão grata por a Gabriela, com o seu livro, ter trazido estas receitas à minha vida. Mudaram as refeições cá de casa. Só tenho uma pequena anotação em relação a este gratinado, é importante usar seitan fresco e não daquele que se vende em frascos, por exemplo. Sinceramente eu não gosto nada desse seitan, não gosto da textura. O meu favorito é o que se vende no Continente na zona dos iogurtes, é maravilhoso! Se ainda não o usam, força... Muda mesmo o sabor dos pratos. Só para verem eu antes quase nunca usava seitan, agora, sou fã. E não sou a única! Bem, já sabem, se experimentarem, digam!

Bons cozinhados e um xi-,
Mariana

  • Share:

You Might Also Like

4 comentários

  1. Segui :)
    Tenho um passatempo a decorrer no meu blog, se quiseres participar é só passar por lá :)
    http://diasporadossentidos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço por me teres dito Pedro, mas não vou participar. Boa sorte com o passatempo :)

      Eliminar
  2. Mariana, a foto da gelatina está encantadora! Adorei esse gratinado, lá terei de experimentar. Tal como tu, também não gosto nada do seitan que se vende em frascos. Quando deixei a carne tive muita dificuldade em adaptar-me ao seitan e ao tofu, detestava. E tudo porque só conseguia encontrar os de frasco, que eram horrorosos! Depois de conhecer as versões "frescas" destes alimentos, ficou tudo mais fácil! :) Um beijinho!*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As coisas frescas têm mesmo outro sabor! São maravilhosas... então o tofu fumado, ai que maravilha! Já experimentaste?
      Um beijinho*

      Eliminar