Yoga with Adriene: 30 dias! :)

quinta-feira, abril 07, 2016

Em Março lancei-me num desafio que já devia ter abraçado há uns tempos: fazer yoga todos os dias. Fi-lo porque se há coisa que me acalma e me ajuda a ver o lado positivo são os minutos que vivo no meu tapete azul. Fi-lo porque há respostas que não consigo encontrar sem ser naqueles segundos em que me estabeleço na posição (asana). E fi-lo porque eu mereço (e tenho a melhor coach do mundo a apoiar-me).


Comecei o desafio dia 24 de Fevereiro para ser honesta. Mas no entretanto houve uma aula de ginástica localizada que me deixou totalmente paralisada no dia seguinte e não havia forma de eu me sentar no tapete quanto mais fazer a prática. Por isso só agora, um mês e duas semanas depois do ínicio é que me sinto preparada para vos contar como foi começar a andar com o tapete de yoga na mala, e fazer a prática todos os dias. 

O facto de ao longo da minha vida ter tido excelentes professores de yoga tornou-me exigente na escolha de um próximo. Por isso desde que voltei de Mafra decidi que não ia ter nenhum para já. Mas o tempo foi passando e eu senti desesperadamente saudades da minha prática. Até que a Adriene Mishler apareceu nas minhas sugestões do youtube e foi paixão à primeira vista. Adorei-a desde o primeiro video que a vi. O sentido de humor, a tranquilidade, o à vontade com que nos deixa nos vídeos (como se estivesse mesmo ao nosso lado) e o facto de encarar o yoga exactamente da mesma forma que eu: find what feels good. Este é o lema da prática dela e eu apoderei-me dele como um novo mantra.

Realizei este desafio dos trinta dias de yoga e desde aí não parei. Vou passar o fim de semana fora e o meu tapete vem comigo, tenho amigas cá em casa a dormir e elas fazem comigo. A verdade é: um dia sem a prática e é como o céu ficasse mais escuro. 

Praticar yoga é para mim mais do que um momento de exercício físico ou introspecção: é aquele momento em que vou até a minha sala de paredes de vidro no meio do jardim com o lago de tartarugas ao fundo e sou... simplesmente sou, sinto e vivo. E estar num momento assim tão simples é maravilhoso. Para quem sabe do que falo e gostava de ter uma prática de yoga regular em casa e não sabe por onde começar aconselho muito estes videos (ela tem imensos videos!). Depois digam-me o que acharem... E já sabem: find what feels good. 

You Might Also Like

8 comentários

  1. Vou experimentar. Anda difícil ir às aulas e o meu corpo, mas principalmente a minha mente, já estão a sentir a falta daquelas sensações fantásticas de equilíbrio e bem-estar. Depois digo como foi ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana!! :)
      Fico à espera então, beijinhos e boa prática*

      Eliminar
  2. Mais um incentivo para iniciar as aulas da Yoga. Já há muito que ando para experimentar. Parece que vai ser agora. :)

    ResponderEliminar
  3. Foi nela que me falaste quando fui ao porto?
    Tenho de ver mas acbo que so ne vou dedicar a zerio depois das frequencias, mas preciso tanto do meu tapete (o ds figueira é azul, o de aveiro é verde)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Liliana! Sim, foi dela que te falei :)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Ahhhhh o yoga :) Das melhores coisas do mundo! (e não me refiro só aos asanas!...)

    ***rita

    ResponderEliminar
  5. Ando a experimentar seguir esses vídeos, mas um dia tenho de ir a uma aula a sério!

    ResponderEliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá