O que se tem lido {7/16}

By Mariana Neves - julho 04, 2016

Desde a última leitura que vos trouxe defini um plano de leitura para mim: ler dezasseis livros em 2016. No total já li sete (e podem seguir todos os avanços no meu perfil do goodreads), vamos a ver como corre. Este sol, os finais de tarde passados no jardim e as horas na praia, chamam a mais páginas para ler, mais histórias para onde entrar. Deixo-vos o feedback dos últimos três livros que li.


~ Uma Vida Normal, Paulo Azevedo ~ De uma leitura simples e fácil este livro conta-nos uma história complexa e difícil: a história do actor português sem membros superiores e inferiores. Senti-me como se estivesse a tomar café com o autor enquanto ele partilhava a sua história de vida comigo. É um livro que abre os olhos para um local que pensamos não ter luz no mundo, mas afinal brilha muito mais do que achamos ser possível. Este livro traz sensibilidade, diversão e muita coragem à nossa vida. A experiência do Paulo é enriquecedora e todos nós devíamos ler o seu testemunho. É um livro singelo, obrigatório a todos os seres humanos, especialmente aqueles que são terapeutas (como eu). Avaliação (0 a 5): 3.

~ A Mensagem de Elena, Brooke Desserich Dos livros mais tristes que já li, cada palavra que li apertou o meu coração. Este livro conta a história de Elena uma menina que travou uma luta contra o cancro. É o retrato deixado pelos pais para a irmã mais nova e só por isso é de arrepiar do inicio ao fim. Um livro com sabor a arco-íris: cheio de cor, dias de chuva, de sol, de risos, de lágrimas mas sempre muito carinho dentro das suas páginas. Quem me dera que tivesse um final feliz. (Não aconselho a corações frageis) Avaliação (0 a 5): 4.

~ O Bandolim do Capitão Corelli,   ~ Para voltar a ler sem dúvida. Um livro delicado em pormenores e com sentimentos arrebatadores. Fantástico na tristeza, no romance e na alegria que transmite. Pelágia, Corelli e Cefalónia ficam para sempre na minha memória. E verdade seja dita, desde que acabei de ler o livro, não deixei de pensar nas suas personagens, nas descrições e nas lições discretas e tão sérias que este livro me trouxe. Este é dos tais que devia ter continuação. Avaliação (0 a 5): 5.

"A todo o momento vejo coisas que gostaria que visses, gostaria que estivesses aqui para as veres com os teus próprios olhos. Procuro ver coisas para ti, e guarda-las na minha memória, e tenho a fantasia de que se me concentrar mesmo muito, posso fazê-las chegar a ti, para que tu as vejas nos teus sonhos. Como se a vida pudesse ser assim." (O Bandolim do Capitão Corelli)


Boas leituras! 

  • Share:

You Might Also Like

6 comentários

  1. Não conheço nenhum desses livros. Mas confesso que por vezes preciso de estar num estado de espírito particular para ler histórias tristes...

    ResponderEliminar
  2. Já li a mensagem de Elena. Se pudesse chorar tinha a certeza absoluta de que o faria,

    ResponderEliminar