segunda-feira, junho 19, 2017

Estávamos todos no alpendre. Eu tinha uma manta sobre as pernas - porque não há frio que se vá embora numa alma preenchida de nuvens. Haviam chávenas de chá à espera na mesa de madeira que fumegavam e dançavam com o vento. Ouviam-se os grilos ao fundo e as rãs do lago. Uma brisa suave arrasta um pirilampo até nós. Fito-o com o meu olhar de criança já demasiado ensonada e que acreditava em finais felizes. 
- "Mamã, de onde vêm estas luzinhas? São enviadas pelas fadas?"
A minha mãe, que estava sentada junto ao meu pai, no baloiço de madeira olha para mim. E ri-se. - "De onde achas que vêem?"
E eu não sabia. Como é que aquela luz tinha chegado até nós? Como era possivel um ser ter tanta luz e mesmo assim ser tão pequeno e voar silenciosamente? Só podia ser magia. Apostaria que se fechasse os olhos ele iria desaparecer. Os pirilampos são tão raros.
"Acho que vem do mundo das fadas. Só pode!" E o pirilampo mantinha-se nas flores do jardim. "Mãe, quem paga a conta da luz do pirilampo? Como é que ele não deixa de brilhar? São as fadas?"
A minha mãe não respondeu. Hoje desconfio que nem ela soubesse a resposta (mas as mães sabem sempre tudo). Pegou-me ao colo, sentou-me entre eles os dois e enquanto o pirilampo voava para iluminar mais céus, mais estrelas disse-me: "Meu amor, não importa como ele chegou, o que importa é que a nossa noite ficou mais iluminada."

Hoje, acrescento: sentir e ser a luz num céu escuro às vezes é realmente a única coisa que precisamos de saber.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Que bonito este momento que nos descreves! Sentir a luz, sentir o quente, sentir o abraço, muitas vezes, o importante não é que tudo corra bem ou que se alguém resolva os nossos problemas, mas sim o conforto da amizade, da companhia e da luz que os outros nos emanam.
    Que palavras maravilhosas as da tua Mãe!

    ResponderEliminar
  2. Que mensagem linda! Obrigada, Mariana. :)
    Beijinhos grandes e muitas felicidades!

    Bloom: https://bloomblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Seguidores

Junta-te ao Facebook

Amantes de Chá

Junta-te ao grupo #umaxícaradechá