Enquanto a dor reside.

By Mariana Neves - outubro 29, 2012

Por muito que te custe, vão sempre acontecer coisas que te deitam abaixo. Coisas que vais querer esquecer, que vais querer, o mais depressa possível, que não te magoem mais, que não te façam chorar mais uma lágrima. E qual é o caminho mais rápido para o esquecimento? O perdão. Mas nem sempre as coisas são assim tão fáceis  Saber perdoar até é fácil o problema consiste quando não deves perdoar por muito que queiras. Quando as pessoas te magoam com tamanha brutalidade que só de pensar em voltar a tê-las na tua vida o teu coração compadece. Nem as saudades ultrapassam a dor, nem sequer a vontade de abraçar. Existem certos momentos, pessoas, atitudes que não deves perdoar imediatamente. Não até teres a certeza que não te voltam a magoar. Sim, o perdão é necessário. Mas a dor não é. E quando uma coisa arrasta a outra há que saber tomar certas atitudes e ser fria quando tudo te queima de dor, e saber parar de chorar quando o mundo já está afogado. Custa, mas é por ti que o deves fazer. Por amor ao que és, e não ao que queres deixar de ser. Isto porque existem certas coisas que, se permanecerem na tua vida, só vão fazer com que te destruas e deixes de ser quem és. 

  • Share:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Por muito que queiras existem coisas que não se esquecem e que por muito que as tentem mudar, não voltam ao que eram.

    O que foi não volta a ser! Por muito que se queira!

    ResponderEliminar
  2. Acima de tudo, temos de ter a coragem suficiente para dizer não quando o sofrimento nos começa a consumir e onde não há volta a dar. Muita força*

    ResponderEliminar
  3. Olá Mariana.
    Meu nome é Michelle e sou do Brasil.
    Comecei a curtir sua página no facebook por causa do nome "Chá e Girassóis" duas de minhas paixões. Confesso que foi meio como aquilo de se escolher um livro pela capa (neste caso, pelo nome), mas o conteúdo é muito melhor,estou gostando muito de tudo que escreve. Esse post sobre perdão e dor, em especial, achei muito apropriado. Perdoar não é fácil. As pessoas à nossa volta sempre nos cobram o perdão (imediato) de alguma forma mas eles não conhecem a dor que isso nos provoca. Quando, por vezes, queremos convencer nossa mente que devemos perdoar mas o coração não se encontra pronto para isto, acabamos por sofrer mais ainda sem compreender o porque.
    Gostaria muito de agradecer a você por este espaço e pela mensagem de hoje.
    Michelle
    https://www.facebook.com/michelle.tavares.98

    ResponderEliminar
  4. Hoje eu ia ao meu blog escrever sobre o direito a estar triste, o direito a estar zangado e o direito a negar perdão a outras pessoas durante o tempo que achássemos correcto mediante o que quer que tivesse acontecido.
    Hoje eu ia ao meu blog escrever, mas tu tiraste-me as palavras da boca. Fantástico Mariana.

    ResponderEliminar

  5. Olá :*
    Irei realizar um passatempo fotográfico. O tema é livre e a originalidade será valorizada. Ao longo que for recebendo inscrições vou anunciar qual será o prémio no blog. Podem ser apenas enviada uma fotografia e a premiada será escolhida por mim , tendo em conta a composição e edição. As fotografias deverão ser enviadas para o e-mail : reflectionofmind.s@gmail.com , o e-mail deve conter nome , endereço do blog e um pequeno texto descritivo sobre a fotografia. Conto com a vossa participação. Lot's of Love, Reflection of Mind.

    ResponderEliminar