Destralhar... o armário. #1

By Mariana Neves - fevereiro 17, 2013


     As lutas pela arrumação continuam cá em casa. E depois de ter destralhado um bocado da minha secretária chegou a vez de invadir o armário. Acho que não exagero quando digo que todas as mulheres têm problemas com a organização do seu armário das roupas. E eu não sou excepção. Sempre que olhava para o meu armário ficava com dores de cabeça, especialmente quando não sabia o que vestir é que tinha tanta coisa que nem sabia para onde me mexer. A questão é que a maior parte dessas coisas quase nunca foram usadas e aguardavam o seu momento (que nunca ia chegar). Sabem aquela peça de roupa que é mesmo gira mas que não nos fica bem ou que não é o nosso estilo e nós a continuamos a guardar? Eu tinha montes delas. Então lá me pus a vasculhar por entre os trapos e a contagem depois de ter tudo no saco foi de:

4 saias | 2 vestidos | 2 casacos | 4 pares de calças

1 par de sapatilhas |1 par de botas8 pares de meias  

6 cachecóis | 1 gorro | 1 par de luvas | 8 camisolas.



Ou seja 36 peças de roupa mais dois pares de calçados! Nada mal pois não? Isto exclusivamente do meu armário. Nunca pensei ter tanta tralha no que toca a roupa. E agora vocês perguntam-me: o que é que fizeste com esta roupa? Aproveitei a deixa e fui visitar uma associação onde já fiz voluntariado (há dois anos atrás) o "Coração da Cidade". Ainda pensei numas quantas associações onde podia ir. Resolvi ir a esta porque sei como funciona, porque já trabalhei lá e consigo ter um bocado mais de certeza que a roupa vai para as pessoas certas - e ultimamente uma pessoa já nem sabe. Para quem também tiver roupa, calçado ou cobertores pode aproveitar o movimento da Portucalense e dirigir-se a eles para doar esses bens até dia 22 deste mês. Mais informações aqui.

Sinceramente, nunca pensei que esta minha caminhada pelo minimalismo fosse também ser uma hipótese para ajudar. É tão bom! Tão gratificante e recompensador. Vamos lá, continuar a caminhar. 

  • Share:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Também já fiz isso e tenho um saco cheio de roupa à espero para ser doado. Só ainda não escolhi a associação destinatária.

    ResponderEliminar
  2. Eu não quero (consigo?) tornar-me minimalista, mas admiro tanto essa capacidade! Parabéns! :)

    ResponderEliminar
  3. Mariana, tb tenho andado a destralhar intensivamente o meu quarto e a parte mais engraçada é mesmo decidir o que fazer com as coisas que não quero! Como em Coimbra a compra em 2ª mão ainda está muito crua, acabo por dar a amigas e a instituições que alojam crianças retiradas aos pais... E a sensação é óptima. Conseguimos sempre viver com menos. Adoro o teu blog! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Olá Mariana :)
    Por acaso aqui à dias destralhei a secretária, todos os anos destralho-a e fico sempre a pensar como é que à um ano não deitei fora as coisas que estou a deitar este ano. Já pensei destralhar o armário, mas nao é fácil...A ver se ganho coragem
    Obrigada pela inspiração
    Beijinhos

    ResponderEliminar