In my way to the green beauty #3 {situações da vida}

By Mariana Neves - dezembro 04, 2014

Ontem fui a um shopping e parei naqueles "blocos" para ver uns produtos de manicure. Sabem aquele bloquinho que ajuda a realçar o brilho natural das unhas sem ser preciso usar verniz? Fui comprá-lo. Não sei bem a composição daquilo, mas de certo que é bem melhor do que usar verniz. (Para quem não sabe do que estou a falar, é isto). Nesse mesmo bloco havia há venda uns esfoliantes para o corpo e para as mãos que nos deram a experimentar (a mim e à minha mãe). Bem, aquilo era maravilhoso! Uma pessoa sentia logo a pele super suave e hidratada e o cheiro.. magnifico! A senhora fazia-nos um desconto de dez euros e estávamos bem tentadas a levar. Até que eu tive a brilhante ideia de pegar na embalagem e ler o rótulo. Qual foi a primeira coisa que li? Paraffinum Liquidum. Uma das coisas que não quero na minha pele, no meu corpo.
Mas afinal o que é? Não é nada mais, nada menos do que um derivado do petróleo. E posto isto não é preciso dizer mais nada, pois não? Óbvio que não compramos o esfoliante. Óbvio que fiquei um bocadinho mais orgulhosa de mim e desta vida mais verde que tento levar. 

Aconselho a leitura: Cosmética - Ler os Ingredientes.

  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Escolha sensata e muito feliz, Mariana.

    Cá também estou sempre na busca de caminhos alternativos para o meu bem estar e dos meus, principalmente do mundo que me rodeia e amorosamente me abriga.

    É bem verdade que o cuidado se gratifica nos pequenos detalhes, tão grandiosos a olhos hábeis.

    Beijo n'alma,
    Samara Bassi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo verdade: o cuidado se gratifica nos pequenos detalhes. ♥

      Eliminar