A rede de apoio.

By Mariana Neves - janeiro 24, 2017


No outro dia li sobre como a nossa rede de contactos era importante para um envelhecimento ativo e saudável. Quanto maior for a nossa rede de apoio mais seguros estamos e mais hipoteses temos de pedir ajuda - e de ser ajudados. Concordei em absoluto com o que li e comecei a pensar como é que o meu envelhecimento estava a ser - sim, porque cada dia estamos mais velhos.

Há uns largos anos atrás achava piamente que pedir ajuda era sinónimo de fraqueza. Chorar? Impossível. Não admitia que chorava e às vezes até que sentia. Até que a vida me ensinou que chorar faz tão parte da felicidade quanto sorrir, e pedir ajuda é o exemplo mais fiel de confiar em alguém. Assim, hoje em dia, eu sou daquelas pessoas que se tem um problema, recorre imediatamente à rede contactos. Não só porque preciso mas porque sei que se quero que contem comigo não vale de nada armar-me em forte, porque todos nós temos dias em que precisamos que alguém nos dê força.

Aprendi que há dias em que tudo o que preciso é de um abraço e alguém que esteja lá a ouvir as minhas lágrimas descerem pela cara ou a riscar tarefas da minha to-do list. Acho que há uns anos atrás fiz uma escolha: em vez de passar tudo sozinha, passo-o com as minhas pessoas dando-lhes não só a hipótese de serem ainda melhores amigas mas também a hipótese de eu saber que não estou sozinha e existem mesmo pessoas que se preocupam comigo. Chamem-me sortuda (porque é o que eu sou) mas neste momento tenho a rede de apoios mais maravilhosa do mundo e só isso alegra-me em dias tristes.

O primeiro passo? "Preciso da tua ajuda".


  • Share:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Concordo plenamente contigo.:)

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Reconhecer que precisamos de ajudar e pedir essa ajuda não é um acto de fraqueza mas sim uma tomada de consciência. Por vezes, não conseguimos resolver tudo sozinhos e, quando isso acontece, é bom termos essa capacidade e confiança para procurar um ombro amigo!

    ResponderEliminar
  3. Concordo com as tuas palavras!! Mas confesso que ainda demoro um pouco a pedir ajuda...tenho melhorar!!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que mudaste nesse sentido, sem dúvida que a tua posição atual é mais sensata :)

    ResponderEliminar